Energias renováveis

01-01-2018

As fontes de energia renovável (energia eólica, energia solar, energia hidroelétrica, energia oceânica, energia geotérmica, biomassa e biocombustíveis) constituem alternativas aos combustíveis fósseis que contribuem para a redução das emissões de gases com efeito de estufa, diversificam o aprovisionamento energético e reduzem a dependência em relação a mercados de combustíveis fósseis pouco fiáveis e voláteis, em particular os do petróleo e do gás. A legislação da UE relativa à promoção das energias renováveis evoluiu significativamente nos últimos anos. Em 2009, os dirigentes da UE fixaram um objetivo de 20 % do consumo de energia da UE a partir de fontes de energia renováveis até 2020. Em 2018, foi acordado o objetivo de 32 % do consumo de energia da UE a partir de fontes de energia renováveis até 2030. O futuro quadro político para o período pós-2030 está a ser debatido.

As fontes de energia renovável (energia eólica, energia solar, energia hidroelétrica, energia oceânica, energia geotérmica, biomassa e biocombustíveis) constituem alternativas aos combustíveis fósseis que contribuem para a redução das emissões de gases com efeito de estufa, diversificam o aprovisionamento energético e reduzem a dependência em relação a mercados de combustíveis fósseis pouco fiáveis e voláteis, em particular os do petróleo e do gás. A legislação da UE relativa à promoção das energias renováveis evoluiu significativamente nos últimos anos. Em 2009, os dirigentes da UE fixaram um objetivo de 20 % do consumo de energia da UE a partir de fontes de energia renováveis até 2020. Em 2018, foi acordado o objetivo de 32 % do consumo de energia da UE a partir de fontes de energia renováveis até 2030. O futuro quadro político para o período pós-2030 está a ser debatido.